Dia do Adulto

09:30

O dia 15 de janeiro é considerado como o Dia do Adulto, e venho aqui dizer como está sendo esse meu começo da vida adulta uma bosta. A título de curiosidade, eu tenho 20 anos, apesar de geralmente esquecer isso. Quando eu era adolescente, pensava que uma pessoa de 20 anos era alguém responsável, que namora e que está quase para se casar. Só que eu olho para mim mesma, e não sei se sou tão madura ou responsável assim. Namoro? Distante. Casamentos? Pior ainda.

Não que eu seja uma completa imatura. Tenho contas a pagar, contribuo com algumas despesas de casa, pago meus impostos. Existe um sub-gênero do romance chamado New Adult, onde a maior parte das histórias tem como protagonistas pessoas que não são mais adolescentes, porém ainda não estão plenamente na categoria "adultos". É assim que me vejo, nesse meio termo. Nunca morei sozinha, nunca fui responsável por todas as contas e coisas da casa, e não me sinto pronta para isso. E acho que cada pessoa tem sua própria visão a respeito disso, porque minha mãe nessa idade já tinha filhos e com certeza já era bem mais madura do que sou hoje. Então não acredito que tenha que ter algo fixo sobre o que é ser adulto, ou uma idade específica.



Esse é o meu último ano da faculdade de Administração, e além do diploma, espero conseguir minha bolsa para a pós-graduação vulgo mestrado. Ano que vem, pego meu diploma de Marketing, e isso me faz lembrar de que realizei um dos meus sonhos que jamais imaginei que daria certo: cursar duas faculdades ao mesmo tempo. Quero seguir na carreira acadêmica, e continuar realizando pesquisas, como estou fazendo atualmente com a Iniciação Científica. Quem sabe, até mesmo dar aulas?

Também espero conseguir ser efetivada no estágio que estou começando essa semana. O contrato é até o final do ano, e mesmo que não seja efetivada, espero não ficar parada em 2020 e vou me esforçar para isso, continuar melhorando meu currículo e adquirindo novos conhecimentos e habilidades. Eu larguei meu emprego antigo em dezembro, cumpri o aviso prévio e não fazia a mínima ideia de onde arrumar outro trabalho, e acabei que recebi essa proposta melhor. A vida é feita de escolhas, de incertezas, e ás vezes você precisa se arriscar. Erro em alguns momentos, acerto em outros, e continuo nesse aprendizado constante. Não tem jeito, a vida cobra e não importa quão difícil esteja, você tem que continuar se levantando.

Resultado de imagem para gif adulto

Como eu escrevo a anos, volta e meia fico relendo as coisas que fiz e lembrando de quem eu era, de como me sentia, o que queria a tantos anos atrás. Não que tenha mudado muita coisa, mas a gente evolui. Eu vejo aquele texto que escrevi com uns 14 anos para mim mesma. E um dos meus maiores medos era me tornar uma adulta chata, sem esperanças e negativa. Fico feliz por ainda insistir nos planos que fiz, como os de um dia ter minha própria empresa. É algo pessoal, fazer com que esses projetos deixem de ser apenas uma ideia no papel ou um teste.

Eu ainda sou viciada em filmes, e apesar de não assistir tantas séries como antes, por falta de tempo, me amarro em uma maratona. Ainda sou apaixonada por Harry Potter e O Senhor dos Anéis, vidrada em futebol e no meu time, Santos. Continuo escrevendo, trabalhando com meus blogs, me interessando cada vez mais por política e economia. Comecei a fazer academia, aulas de dança e curso de idiomas. E continuo sentindo que estou tentando abraçar o mundo, e sei que isso pode soar impossível, mas nesse dia do adulto, eu quero acreditar que sonhos são reais.

Resultado de imagem para gif escrevendo

Perdi muitas pessoas na estrada. Pessoas que jurava que nunca iria perder o contato, e hoje eu não converso mais. Ainda não tenho certeza de como será o futuro, e se antes eu tinha medo de não conseguir entrar na faculdade e se tinha dúvidas de qual curso optar, hoje eu tenho angústias relacionadas a minha carreira e sobre meu futuro.

Algumas pessoas dizem que o tempo vai passando mais rápido quando crescemos. Pode até ser, mas sinto que estou vivendo, sabe? Eu faço uma comparação dos últimos anos, e tantas coisas aconteceram. Não passou tão rápido assim. Depende das memórias que você está criando, o que você faz que te deixa feliz e vale a pena? Eu tenho uma lista.

Mantenho algumas manias, evoluí em outras. Quem poderia dizer que um dia, eu teria um guarda-roupa totalmente renovado, com tantas roupas sociais e saltos? Que eu teria um conjunto de maquiagem e estaria preocupada com cabelo e com as unhas? Pois é.

Essa sou eu, ainda uma garota cheia de sonhos e expectativas. Que chora, que se sente sozinha em muitos momentos, que consegue perder até os óculos do rosto. Eu ainda fico triste e desolada quando pego alguém falando mal de mim, e tentando me prejudicar. Não quero que ninguém tenha raiva ou ciúmes de mim, sou quem sou, e só desejo o melhor a todos. Não sou perfeita, longe disso. E sei que pessoas tóxicas existem aos montes. Ainda posso quebrar e muito a cara, e cair mais do que já caí. Ainda vai ter muitas lágrimas, muitas tristezas e decepções. Mas também terão alegrias, sorrisos, desafios interessantes, e muitas coisas novas. Eu não sei o que o futuro me reserva, mas estarei fazendo o melhor para dar tudo certo, para mim e para a minha família. Continuarei sempre aqui, sendo a garota do blog. Sendo a sonhadora, e um dia uma escritora porque vou publicar minhas histórias. Continuarei sendo eu.



A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé
2009
Nenhuma descrição de foto disponível.
2013
A imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Artur Nascimento
2013
A imagem pode conter: 1 pessoa
2014

A imagem pode conter: 1 pessoa, selfie e close-up
2014
Nenhuma descrição de foto disponível.
2015


A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, close-up e área interna
2016
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé e óculos
2017
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé
2017
A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos e close-up
2018
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, óculos, atividades ao ar livre e close-up
2018

A imagem pode conter: 1 pessoa, selfie e close-up
2019
 


VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM

4 comentários

  1. A vida adulta é complicada mesmo. Quando a gente é jovem não pensa muito nisso, acha que ser adulto é um máximo e tudo vem mais fácil. Doce ilusão rs... Mas, apesar disso, é uma vida boa, se soubermos ter leveza, tudo caminha.

    PS: não sabia dessa data rs, interessante!

    ResponderExcluir
  2. Queria saber porque fazer o dia do adulto sem feriado? pois sem feriado vamos curti esse dia como? adulto só trabalha kkkkkk
    Adorei seu post. e suas fotos a cada ano mais linda amore

    ResponderExcluir
  3. Concordo com a moça do comentário acima haha, dia do adulto deveria ter descanso kk, ainda tenho 15 anos, mas já tô me preparando, vida de adulto deve ser osso!!!

    ResponderExcluir
  4. Que post, hein?! Adorei! Esta é a realidade da vida adulta e que a gente sente tanta ansiedade para chegar, quando somos crianças/adolescentes. Quando finalmente chegamos à vida de adulto, queremos voltar ao passado. É sempre assim! hahaha
    O importante é ter em mente que, por mais velho que sejamos, nunca é tarde para corrermos atrás dos nossos sonhos e menos ainda para aproveitar a vida da melhor forma.

    Beijos! <3

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *